Verily, da Alphabet, avalia que trabalho com pandemia é chance de demonstrar sua capacidade, atrair clientes

25/01/2021 12h48

Por Paresh Dave

OAKLAND, Estados Unidos (Reuters) – Para a Verily, empreendimento de saúde da Alphabet que é uma das “outras apostas” mais proeminentes da gigante da tecnologia, a pandemia de coronavírus ofereceu uma oportunidade de negócios imediata.

Desde fevereiro do ano passado, a empresa transferiu muitos de seus cerca de 1.000 funcionários para o desenvolvimento de software para governos e empregadores gerenciarem testes de coronavírus.

Rapidamente conquistou grandes clientes, incluindo o Estado da Califórnia, cujos registros mostram que pagou 49,6 milhões de dólares à Verily para usar seu software Baseline para agendar testes de vírus.

Os negócios menores incluíram um aporte de 3,1 milhões de dólares da Fundação Nacional para o Centro de Controle e Prevenção de Doenças para operar locais de teste na Califórnia.

Os executivos da Verily disseram que o trabalho relacinado à pandemia era uma chance de demonstrar as capacidades da empresa e atrair novos clientes.

“As conversas estão fluindo naturalmente dessa maneira”, disse a Dra. Jessica Mega, diretora médica e científica da Verily.

Os críticos dizem que o esforço tem sido outra distração para a Verily, que oscilou entre dezenas de projetos sem produzir um fluxo de receita estável. O empreendimento atraiu mais de 1,8 bilhão de dólares em financiamento da Alphabet e de investidores externos, incluindo a empresa de private equity Silver Lake.

Converter compradores temporários em clientes de longo prazo pode ser uma ilusão, disseram quatro analistas do setor.

Dois ex-executivos e um funcionário atual criticaram a empresa por aceitar outra oportunidade única, em vez de se concentrar em atrair assinantes recorrentes para seu software de pesquisa clínica, gerenciamento de doenças e outras tarefas.

“Não acho que a Covid lhes dará um respaldo significativo”, disse uma das pessoas, sob condição de anonimato.

O presidente-executivo, Andy Conrad, disse aos funcionários que a Verily está caminhando para uma oferta pública inicial e que vendas mais consistentes seriam essenciais para uma estreia bem-sucedida em Wall Street.

As vendas globais da Verily não são divulgadas pela Alphabet. O analista da Evercore ISI, Kevin Rippey, estimou a receita geral de “outras apostas” em 2020 em cerca de 650 milhões de dólares, com a Verily contribuindo com menos de 175 milhões de dólares. Os ex-executivos descreveram a receita real da Verily como mais alta, e outro analista sugeriu 200 milhões a 300 milhões de dólares como mais realista.

Fonte: https://www.uol.com.br/tilt/noticias/reuters/2021/01/25/verily-da-alphabet-avalia-que-trabalho-com-pandemia-e-chance-de-demonstrar-sua-capacidade-atrair-clientes.htm