Qualcomm estima vendas acima das projeções de analistas com atualização para 5G

03/02/2021 18h30

Por Stephen Nellis

(Reuters) – A Qualcomm estimou nesta quarta-feira vendas e lucros para o segundo trimestre fiscal acima das expectativas de Wall Street, em movimento puxado por uma onda de compradores de telefones em todo o mundo atualizando seus dispositivos para conectividade de rede 5G.

A designer de chips previu vendas com um ponto médio de 7,6 bilhões de dólares e lucro ajustado em um ponto médio de 1,65 dólar por ação, ante estimativas de 7,1 bilhões de dólares e 1,57 dólar por ação, de acordo com dados IBES da Refinitiv.

A Qualcomm é o maior fornecedor mundial de chips que ajudam os telefones celulares a se conectar a redes de dados celulares, fornecendo chips para a Apple e outros fabricantes de aparelhos. Mas a empresa também está construindo negócios fornecendo chips para montadoras como a General Motors.

Duas das mais novas linhas de negócios da empresa – chips de radiofrequência para ajudar dispositivos a lidar com sinais 5G mais recentes e chips de internet das coisas para dispositivos como fones de ouvido sem fio – agora se tornaram negócios de bilhões de dólares por trimestre.

Cristiano Amon, que assumirá como presidente-executivo em junho, disse que a Qualcomm espera que o fornecimento de chips permaneça apertado até o segundo semestre, mas que a demanda está superando a oferta, uma vez que rivais da Huawei, que em grande parte não usavam chips da Qualcomm, passaram a ocupar a fatia de mercado da marca chinesa após os EUA colocarem a empresa em uma lista negra de comércio no ano passado.

“Estamos vendo um crescimento de participação em um nível superior proeminente”, disse Amon.

“Se pudéssemos fazer mais, poderíamos vendê-los”, acrescentou Steve Mollenkopf, atual presidente-executivo da Qualcomm.

A companhia prevê um ponto médio de 6,25 bilhões de dólares para a receita de seu negócio de chips no segundo trimestre fiscal, superando as estimativas de 5,62 bilhões de dólares, de acordo com dados da FactSet. A Qualcomm prevê um ponto médio de vendas para seu negócio de licenciamento, que tem margens maiores do que seu negócio de chips e gera grande parte de seu lucro, de 1,35 bilhão de dólares, inferior às estimativas de 1,43 bilhão de dólares, de acordo com a FactSet.

As vendas mais altas de chips – e chips com melhores margens – foram responsáveis pela previsão de lucro da empresa acima das expectativas, apesar de ficar aquém das estimativas para seu negócio de licenciamento, disse Akash Palkhiwala, diretor financeiro da Qualcomm, à Reuters.

Para o primeiro trimestre fiscal encerrado em 27 de dezembro, a Qualcomm disse que as vendas e o lucro ajustado foram de 8,24 bilhões de dólares e 2,17 dólares por ação, respectivamente, ante estimativas de analistas de 8,27 bilhões de dólares e 2,10 dólares por ação, segundo a Refinitiv.

A receita de chip e licenciamento foi de 6,53 bilhões e 1,66 bilhão de dólares, respectivamente, ante estimativas de 6,51 bilhões e 1,72 bilhão de dólares, segundo a FactSet.

A Qualcomm disse que as vendas de chips para celulares no primeiro trimestre foram de 4,22 bilhões de dólares, alta de 79% contra um ano antes devido às atualizações de telefones 5G. As vendas de chips de radiofrequência, uma área de crescimento da Qualcomm, subiram 157%, para 1,06 bilhão de dólares. As vendas de chips automotivos somaram 212 milhões de dólares, um aumento de 44% em relação ao ano anterior.

(Por Stephen Nellis e Munsif Vengattil)

((Tradução Redação São Paulo; +55 11 56447764))

REUTERS PAL AAP

Fonte: https://www.uol.com.br/tilt/noticias/reuters/2021/02/03/qualcomm-estima-vendas-acima-das-projecoes-de-analistas-com-atualizacao-para-5g.htm