Dono recusa oferta de R$ 750 mil por uma Kombi 1959

Já publicamos diversas vezes aqui no AutoPapo o quanto as Kombis estão valorizadas, principalmente nos mercados europeus e norte-americano. Prova disso é que, nos EUA, o dono de uma Kombi tentou leiloá-la, mas o último lance dado não foi suficiente para arrematá-la. Ela estava à venda no site Bring A Trailer.

O valor? Cento e quarenta e seis mil dólares – ou R$ 746,9 mil em conversão direta.

A Kombi de quase R$ 1 milhão é 1959 com a rara carroceria de 23 janelas. Foi produzida nos Estados Unidos foi reformado pela Silver Lining Restoration de Burlington, Oregon (EUA), em 2017, antes de ser adquirido pelo atual proprietário no fim daquele ano.

VEJA TAMBÉM:

  • Kombi mais antiga do mundo completa 70 anos (e está em plena forma)
  • Nova Kombi elétrica poderá se chamar e-Samba
  • A Kombi de R$ 90 milhões (em cocaína)

Veja a Kombi no vídeo abaixo:

A Kombi 1959 possui acabamento no interior em cinza e branco. O motor é um 4 cilindros postos de 1,2 litro e a caixa de câmbio é manual de quatro velocidades.

Entre os equipamentos, destaque para o teto solar de lona deslizante, um para-brisa basculante e um relógio. A originalidade é atestada pelo certificado do Stiftung AutoMuseum Volkswagen.

A Kombi recebeu carroceria e uma repintura em cinza bege de fábrica sobre vermelho durante a reforma de 2017 e ganhou um novo teto de lona deslizante.

O hodômetro de cinco dígitos apresenta 500 milhas (800 km), mas o total de milhas rodadas é desconhecido.

O motor 1.2 refrigerado a ar foi reconstruído pela Engine Machine Service de Englewood, Califórnia, em novembro de 2017. Ele tem distribuidor Bosch, uma bobina de ignição de seis volts e um carburador Solex.

vw kombi 1959 frente
vw kombi 1959
vw kombi 1959 teto solar de lona
vw kombi 1959 lateral
vw kombi 1959 interior frente
vw kombi 1959 porta lateral
vw kombi 1959 motor

Fotos: Motorfocused | Divulgação

Fonte: https://autopapo.uol.com.br/curta/dono-recusa-oferta-de-r-750-mil-por-uma-kombi-1959/