Desodorante antitranspirante tem relação com o risco de câncer de mama?

Ana Bonassa e Laura de Freitas

Nunca Vi 1 Cientista é um grupo de divulgação científica encabeçado pelas jovens cientistas Ana Bonassa e Laura de Freitas para estimular o contato com a ciência.

07/12/2020 04h00

No mercado você já encontra desodorantes e antitranspirantes que afirmam ser “livres de alumínio”. Mas qual o motivo desse alerta? Haveria uma possível relação entre a presença do alumínio nos produtos e a ocorrência de câncer de mama? E o que a ciência já sabe sobre isso?

Primeiro, é preciso diferenciar os produtos que são só desodorantes e aqueles que são também antitranspirantes. Desodorantes comuns têm bactericidas e só combatem o cheiro da transpiração. Já os antitranspirantes, além desses compostos, são formados por sais de alumínio que impedem a transpiração.

São esses sais de alumínio que teriam relação com o câncer de mama. A ciência estuda quatro hipóteses para associação desses sais com a doença. Uma dessas hipóteses, por exemplo, é que o câncer de mama aparece mais na região superior da mama, próxima das axilas. Faz sentido? No vídeo de hoje, a gente explica essa e as outras três hipóteses e quais conclusões são possíveis agora.

E se você gostou e quer ajudar nosso trabalho, convidamos para colaborar com a nossa vaquinha virtual.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.

Fonte: https://www.uol.com.br/tilt/colunas/nunca-vi-1-cientista/2020/12/07/desodorante-antitranspirante-tem-relacao-com-o-risco-de-cancer-de-mama.htm